ODONTOLOGIA

O Curso

Autorização de funcionamento e criação do Curso: Portaria Ministerial nº 40 de 18 de janeiro de 2018, D.O.U. de 19 de janeiro de 2018.
Vagas oferecidas no Vestibular: 80
Contato: coord.odonto@faculdadeunilagos.edu.br



Perfil do Egresso

O Curso de Odontologia tem como perfil do egresso/profissional o Cirurgião Dentista, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor técnico e científico. Capacitado ao exercício de atividades referentes à saúde bucal da população, pautado em princípios éticos, legais e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade.

O Cirurgião Dentista, formado pela FAC-UNILAGOS, estará capacitado ao exercício de atividades referentes à saúde bucal da população, pautado em princípios éticos, legais e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade.

O egresso do Curso de Odontologia da FAC-UNILAGOS será um profissional com conhecimentos científicos, capacitação técnica e habilidades para desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo; participação no avanço da ciência e tecnologia; atuação em equipes multidisciplinares, em todos os níveis de atenção à saúde.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES GERAIS

A formação do Cirurgião Dentista tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades gerais:

I – Atenção à saúde: os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;

II – Tomada de decisões: o trabalho dos profissionais de saúde deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

III – Comunicação: os profissionais de saúde devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não-verbal e (*) CNE. Resolução CNE/CES 3/2002. Diário Oficial da União, Brasília, 4 de março de 2002. Seção 1, p. 10.2 habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação;

IV – Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais de saúde deverão estar aptos a assumirem posições de liderança, sempre tendo em vista do bem estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;

V – Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde;

VI – Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES ESPECÍFICAS

A formação do Cirurgião Dentista tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades específicas:

I – Respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional;

II – Atuar em todos os níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o;

III – Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente com extrema produtividade na promoção da saúde baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;

IV – Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;

V – Exercer sua profissão de forma articulada ao contexto social, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição social;

VI – Conhecer métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos;

VII – Desenvolver assistência odontológica individual e coletiva;

VIII – Identificar em pacientes e em grupos populacionais as doenças e distúrbios bucomaxilo- faciais e realizar procedimentos adequados para suas investigações, revenção, tratamento e controle;

IX -C investigações básicas e procedimentos operatórios;

X – Promover a saúde bucal e prevenir doenças e distúrbios bucais;

XI – Comunicar e trabalhar efetivamente com pacientes, trabalhadores da área da saúde e outros indivíduos relevantes, grupos e organizações;

XII – Obter e eficientemente gravar informações confiáveis e avaliá-las objetivamente;

XIII – Aplicar conhecimentos e compreensão de outros aspectos de cuidados de saúde na busca de soluções mais adequadas para os problemas clínicos no interesse de ambos, o indivíduo e a comunidade;

XIV – Analisar e interpretar os resultados de relevantes pesquisas experimentais, epidemiológicas e clínicas;

XV – Organizar, manusear e avaliar recursos de cuidados de saúde efetiva e eficientemente;

XVI – Aplicar conhecimentos de saúde bucal, de doenças e tópicos relacionados no melhor interesse do indivíduo e da comunidade;

XVII – Participar em educação continuada relativa a saúde bucal e doenças como um componente da obrigação profissional e manter espírito crítico, mas aberto a novas informações;

XVIII – Participar de investigações científicas sobre doenças e saúde bucal e estar preparado para aplicar os resultados de pesquisas para os cuidados de saúde;

XIX – Buscar melhorar a percepção e providenciar soluções para os problemas de saúde bucal e áreas relacionadas e necessidades globais da comunidade.


Modalidade:

Bacharelado

Titulação:

Bacharel em Odontologia

Carga Horária/Duração:

10 Semestres | 4.380 horas

Turno

Integral

Área de Formação:

Ciências da Saúde

Valor do Investimento
R$ 3.000,00
Coordenação
D’Alessandro Zacche Lopes

Prof. D’alessandro Zacche Lopes, Dr.

Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial Mestre em Radiologia da Face (Imaginologia) Doutor em Odontologia  Responsável Técnico do Instituto de Radiodiagnóstico Odontológico (IRO Cabo Frio) Coordenador do Curso de Odontologia da Faculdade UNILAGOS

Docentes

Matriz Curricular

Psicologia Aplicada à Saúde 40h
Metodologia da Pesquisa Científica 40h
Comunicação e Expressão 40h
Educação e Saúde 40h
Atenção Integrada à Odontologia 40h
Introdução à Odontologia 40h
Sociologia da Saúde 40h
Atividade Integradora I 40h
Biologia Celular 40h
Genética básica 40h

Bioquimica 40h
Fisiologia 40h
Relações Étnico-Raciais Afro Brasileira 40h
Atividade Integradora II 40h
Saúde e Meio Ambiente 40h
Anatomia Humana Geral 80h
Microbiologia Geral e Oral 40h
Introdução à Anatomia Dentária 40h
Histologia e Embriologia 40h

Imaginologia I 40h
Cariologia 60h
Patologia Geral 40h
Ética e Bioética 40h
Anatomia Aplicada à Odontologia 60h
Estágio Supervisionado I 40h
Anatomia e Escultura Dental 40h
Atividade Integradora III 40h

Patologia Bucal 60h
Imaginologia II 40h
Oclusão Dentária 80h
Atividade Integradora IV 40h
Materiais Dentários 80h
Farmacologia Terapêutica 40h
Estágio Supervisionado II 40h

Dentística 80h
Endodontia  80h
Periodontia  80h
Cirurgia 80h
Prótese Total 80h
Estágio Supervisionado III 80h

Odontologia em Saúde Púbica 40h
Estágio supervisionado IV 240h
Prótese Parcial Removível 60h
Ortodontia 80h
Atividade Integradora V 40h
Gerenciamento do Cuidado em Saúde 40h

Epidemiologia das Doenças Bucais e Bioestatística 60h
Estágio Supervisionado V 240h
Odontopediatria 80h
Estomatologia 60h

Estágio Supervisionado VI 160h
Estágio Supervisionado VII 80h
Prótese Fixa 80h
Pacientes com Necessidades Especiais 40h
TCC I 40h

Estágio Supervisionado VIII 200h
Estágio Supervisionado IX 80h
Estágio Supervisionado X 80h
Odontologia Hospitalar 40h
TCC II 40h

Estágio Supervisionado XI 140h
Atividade Integradora VI 40h
Introdução à Implantodontia 40h
Introdução à Propedêutica Medicamentosa 40h
Estágio supervisionado XIII 60h
Optativa 40h
TCC III 40h
  • Contato

    ouvidoria@faculdadeunilagos.edu.br


  • Endereço

    Rua Baster Pilar n° 500 - Parque Hotel/ Araruama.


  • Telefones

    (22) 99909-0644
    0800 042 0248


  • Social
Banner-semtexto
Accessibility